Madeira é mais

Madeira não é só aquilo que se vê. Madeira oferece mais.

Madeira vs. Madeirado. Qual não decepciona?

Madeirado tenta pegar carona no prestígio e reputação da madeira mas consegue somente imitar seu visual. Madeira é muito mais que uma reprodução em série. Usar uma cópia sintética, de cara deprecia um trabalho que poderia ser importante. É de fato abrir mão das diversas propriedades e benefícios encontrados unicamente na madeira. Com madeira natural seus resultados alcançam outro mérito. Materiais autênticos são reconhecidos e promovem longevidade a cada projeto. Existem argumentos de sobra para deixar de lado as imitações e usar a madeira de verdade.

madeira natural sustentável madeireira bernauer madeira natural laminas revestimento marcenaria design interiores arquitetura

Marcenaria ou planejado modular?

As marcenarias se adaptaram nos últimos anos para trabalhar com chapas de MDF de cores sólidas ou madeiradas. Trocaram maquinários, desistiram dos funcionários especializados e passaram a oferecer  formatos construtivos muito padronizados. Hoje precisam vender e atender a muitos clientes para se manter. Significa, girar muito. Precisam estar com a faca nos dentes para pegar obras bem disputadas e com preços restritos.

Estes profissionais competem contra indústrias com estruturas gigantes, em forças desproporcionais e que mesmo no topo de reclamações dos consumidores, vendem mais. Também competem contra profissionais autónomos, muitas vezes informais e sem estrutura produtiva, que terceirizam tudo. Cada qual buscando se diferenciar de algum modo, mas com as mesmas fórmulas e materiais. Oferecem facilitar o pagamento, trabalham com margens mínimas e entregas rápidas. Todos querem ser diferentes mas oferecem o mesmo.

folha de pau ferro madeireira bernauer madeira natural laminas revestimento marcenaria design interiores

Qual é o mercado mais interessante?

Descobrimos que algumas marcenarias novas nem sabem o que é madeira de verdade. Ou seja, limitadas. Por outro lado, ouvimos cada vez mais que os profissionais experientes tentam recuperar as obras com madeira natural para poder fugir do mercado “pasteurizado”. Obras engessadas que não geram fidelidade e não deixam ninguem se sobressair. Eles estão de olho no que vem acontecendo e nas tendências. Enquanto quebravam cabeça disputando os móveis descartáveis de melamina, já faz alguns anos que os móveis de madeira assinados por designers da década de 50 e 60 se tornaram os mais cultuados e os mais valorizados em antiquários. São peças chave em qualquer referência de decoração.

A madeira maciça também está cada vez mais presente nos móveis soltos e com estilos muito característicos. As formas orgânicas nunca foram tão cobiçadas para um tampo ou móvel de destaque. São demandas contemporâneas. Madeira natural é o caminho para o reconhecimento. Para se oferecer trabalhos especializados e complexos, e assim obter maiores benefícios.

Como designers se destacam.

Os profissionais de design de interiores a princípio também adotaram as chapas plásticas. Se animaram com a praticidade de poder prever seus projetos pelo catálogo da indústria de seriados. Foram iludidos pelo tema da sustentabilidade desvirtuada. Já não dependiam mais dos profissionais experientes da marcenaria, de seus recursos e conhecimentos. Além do mais, era uma briga explicar o aspecto pretendido em cada obra. A busca pela lustração perfeita. Tudo isto foi substituído pela melamina. Um material sintético, sempre igual, usado de forma massificada e comercialmente induzido pela indústria química.

Além de pouca informação e interesse sobre como são produzidos e como agem sobre nosso entorno, estes materiais dificilmente deixam um profissional ir além em sua carreira. Explicar para o cliente que descobriu em um móvel popular o mesmo acabamento que foi aplicado em seu projeto valioso é constrangedor. Uma cópia plástica deprecia de cara o produto final, ainda mais se cobraram caro. Imitação barateia o resultado mais na percepção que no bolso.

folha de demolição madeireira bernauer madeira natural laminas revestimento marcenaria design interiores

Madeira como tendência.

Qualquer mostra ou trabalho de referência pede: criatividade, boa execução e produtos autênticos. Participar na escolha do lote certo de um revestimento natural deveria ser parte da estratégia do profissional de decoração. Tentar reforçar as impressões estéticas em cada trabalho.

Cada vez mais os mercados que ditam tendências se voltam aos materiais orgânicos. Nunca o estilo escandinavo ou hygge – que combina minimalismo e aconchego – foi tão inspirador. Sempre têm presentes a madeira de verdade. As madeiras de demolição, madeiras cruas, sem lustração, com acabamento fosco e bem natural representam esta volta ao natural. Nunca se desejou tanto o contato com a madeira. O toque, o cheiro.

Clientes mais exigentes são os primeiros a pedir produtos autênticos. São eles que comentam e criam a boa reputação dos profissionais renomados. São estes os resultados que valem a pena e que são perenes.

Nossas soluções.

Temos condições de facilitar e ajudar a sua marcenaria. De conseguir os melhores resultados em cada acabamento. São serviços que oferecemos e que complementam as necessidades da marcenaria moderna.

Também convidamos, sempre que possível, que todos os envolvidos da obra venham ajudar a escolher pessoalmente seu material. Escolher entre as melhores seleções de lâminas e lotes que fazemos questão de oferecer. Nenhuma madeira é igual a outra e existirá uma que deixará a obra mais exclusiva. Uma experiência única de personalização e valorização do móvel. Conheça mais e tire proveito dos melhores aspectos que a madeira natural disponibiliza.

2018-04-02T13:51:24-03:00 junho 3rd, 2017|madeira sustentável|
error: