Folha de madeira

Folha de madeira.
Lâmina de madeira.

Como são feitas?

Folha de madeira é uma lâmina de madeira. Uma fina película de madeira para aplicadar sobre um compensado ou chapa de MDF. A folha é cortada diretamente de um bloco da tora de uma árvore. É como se o tronco fosse fatiado em finas camadas. Pode ser fina ou muito fina. As folhas de madeira japonesas, por exemplo, têm espessuras de 0,2mm. São as mais finas que existem. Já na Europa são usadas com 0,5mm a 0,7mm. No Brasil a média é de 0,6mm de expessura. No mundo todo, as folhas decorativas de madeira são sempre menores que 1 milímetro de espessura. Acima desta espessura já é chamada de capa e tem funções estruturais.

folha de carvalho madeireira bernauer

Como vimos, a folha de madeira é o resultado do processo de laminação de uma tora. Podemos dizer que a folha de madeira é 100% pura madeira. Ela se sustenta por suas próprias fibras. Uma vez extraída, ela fará parte de uma sequência entre outras folhas de madeira. São sempre empilhadas conforme elas saem da faqueadora e se pode reconstruir a forma original da tora. Uma sobre a outra. Preservar esta sequência é importante para que os veios se combinem. Assim são preservadas as chances para uma boa composição. O que revelará um autêntico trabalho de fina marcenaria.

Formas de laminação.

A folha de madeira pode ser extraída com diferentes técnicas. Cada espécie merece ter realçada uma ou mais características. Estes diferentes processos favorecem o aproveitamento ou determinadas variações estéticas. Existe a folha de madeira torneada e a folha de madeira faqueada. Cada qual para uma finalidade.

Uma folha de madeira torneada pode ter a volta completa ou meia volta. Esta técnica permite a maior largura da folha, já que ela será extraída da circunferência e não do diâmetro da tora. Em uma tora com características estéticas tradicionais este meio pode ser menos interessante, pois poderia resultar em veios abertos ou deformados. Mas em toras pequenas e especiais, como as rádicas, é uma excelente opção. Deixa pedaços muito pequenos maiores e viabiliza o trabalho. Também para a indústria de compensado vale a pena. Neste caso se corta capas, folhas mais espessas com 2mm de espessura geralmente. Saem com larguras contínuas, sem a necessidade de emendas. Shape de skates e assentos de poltronas são prensados em moldes com lâminas geralmente torneadas.

Uma folha de madeira faqueada pode ser com catedral ou quartie. O que define é a condição da tora, suas trincas e a forma da sua parte oca ao centro. Existe um mercado permanente para lâmina com desenhos corrido. Para isso, a tora é dividada e repartida em 4 partes para depois ser fatiada. Por isso ganha o nome de quartie. Mas as lâminas de desenho catedral, ou seja largura completa, possuem maiores medidas e o desenho e textura clássica dos veios.

folha de carvalho madeireira bernauer

Folha de madeira – nossa paixão.

Somos especializados na folha de madeira. Buscamos selecionar e oferecer a melhor qualidade que existe nas mais de 80 espécies conhecidas. Para permitir o uso adequado e facilitar o trabalho da marcenaria, oferecemos nosso conhecimento técnico e equipamentos para a aplicação profissional das folhas de madeira sobre chapas. São nossos serviços para a marcenaria. Assim, conseguimos que nossos clientes tenham os melhores resultados em seus acabamentos, que valorizem e se beneficiem em cada projeto.

Folha de madeira e aproveitamento.

Não se perde nada durante o processo de fatiar ou tornear a tora como folhas de madeira. O corte é realizado com uma faca de aço. Diferente da serra que come sempre o equivalente a sua espessura. A tora é preparada antes para estar dentro da maciez certa e não quebrar no impacto com a lâmina de corte. Cada espécie possui uma condição particular. Se trata de um trabalho muito técnico. A precisão do equipamento é chave para extrair uma folha de madeira com expressura igual por toda superfície, sem defeitos, firme e lisa. A avaliação e decisão do experto também aproximará o produto cru ao resultado previsto. Depois de realizadas todas etapas, a folha de madeira parece algo simples e não mostra toda sua complexidade.

O aspecto estético é a preocupação em todo o momento. A madeira possui diferentes classificações de qualidade e seu preço está diretamente relacionado com ele. Uma folha de madeira dentro dos padrões que o mercado busca é certeza de recuperação do investimento. De conseguir o lucro esperado. Surpresas e imprevistos, como defeitos naturais que estão dentro da tora, já limitam seu uso e depreciam seu preço. Na melhor hipótese, se recupera o investimento. Acabam sendo usadas como substratos ou capas para o verso das chapas. De qualquer forma, nada se perde. Tudo é muito bem aproveitado.

Lâmina para o revestimento.

Atualmente o mercado foi inundado por opções artificiais de revestimento para móveis. São os famosos madeirados artificiais. A folha de madeira muitas vezes é substituída por imitações sintéticas. Além das desvantagens ambientais, estas imitações cansam muito rápido e deixam os móveis antiquados de um ano para o outro. Já madeira, não. Um trabalho bem executado de madeira valoriza o móvel. Nunca perde seu valor. Envelhece com estilo e sempre é mais agradável. Além de ser um material autêntico, orgânico e com propriedades além do que se pode ver. Isto faz toda a diferença.

Revestimento sustentável

A lâmina de madeira, assim como a madeira maciça, sequestra o CO2 da atmosfera. Está presente em sua composição enquanto for madeira. Madeira não consome água ou energia para sua transformação. É um material pronto e limpo. Não é tóxica e não contamina. Não acaba com nosso entorno porque não deixa pegadas ambientais. Enquanto isto, os produtos sintéticos poluem e lançam gases nocivos no ar. Seus resíduos da produção acabam em nossos rios e aterros. Usam energia e muita água por que são transformações químicas. As imitações sintéticas têm em sua composição produtos nocivos a nossa saúde, que todos desconhecem ou ignoram. Melamina e

A madeira é explorada de forma seletiva. Ao madeireiro, só interessam comercialmente as árvores retas, grossas, altas, sem defeitos visíveis como sem buracos, sem muitos galhos, de um terreno ou solo adequado. Precisam cumprir como mínimo as necessidades rentáveis que servem como madeira decorativa para justificar a extração de uma árvore.

Madeira natural pode ser reaproveitada ou descartada sem perigo. Com consciência e sem remorso. A madeira não gera poluentes e ainda ajuda a limpar do ar, enquanto árvore e depois na forma de madeira  – reserva de puro carbono. É um material orgânico. Como um material sustentável, pode ser reposto na natureza completando um novo ciclo. Por isto dizemos que a madeira possui um ciclo de vida perfeito. Seu uso é legítimo. Como não confiar na madeira.

2018-03-25T20:12:55-03:00 junho 7th, 2017|madeira sustentável|
error: